Tabapuã comemora ano produtivo

IMG_2891

Raça esteve em pista com julgamento conduzido pelo presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges

Foi um ano de uma programação intensa para a raça Tabapuã, que começou em janeiro no estado do Paraná, durante a programação do Show Rural Coopavel, em Cascavel, e terminou no estado de Goiás, durante a ExpoGoiânia, em outubro.

E o Tabapuã deu um show! Houve um aumento significativo de participação da raça nas exposições, feiras e leilões, demostrando o quão forte se encontra.

Em maio, durante a Expozebu, em Uberaba (MG), além do sucesso do julgamento e do leilão Peso Pesado Tabapuã, o  criador João Trivelato foi homenageado com o Mérito ABCZ. A Expozebu foi a primeira grande exposição em que o Tabapuã participou, contando com 141 animais e 21 expositores. A segunda aconteceu em Araruama (RJ), com a participação de 110 animais e 12 expositores. Dentro do ranking, o estado de Goiás foi o que mais se destacou pela quantidade de mostras realizadas.

Outro destaque, foi a presença em São José do Rio Preto (SP), na  54ª Expo Rio Preto. A convite de Julio Laure, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã – ABCT, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ, foi quem  conduziu o julgamento do gado Tabapuã. Após assumir o cargo de presidente da ABCZ, este foi o primeiro julgamento feito por ele. “O Tabapuã mostrou sua qualidade natural de produzir carne. Todos os indivíduos de tamanho moderado, bem arqueados, bem estruturados, as fêmeas férteis, bem paridas eu fiquei muito feliz em realizar esse trabalho com a raça Tabapuã”, disse Arnaldo após finalizar o julgamento.

Ao todo, foram 11 exposições, em seis estados: Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo, três a mais do que o ano passado. A raça esteve presente também em quatro etapas da Intercorte, em Ji-Paraná (RO), Campo Grande (MS), Araguaína (TO) e São Paulo (SP).

Na ExpoGenética promoveu, depois de algum tempo, um WorkShop sobre o Tabapuã, no Salão Nobre da ABCZ. A raça participou do Pró – Genética e PNAT. Falando em números, até agora, vendeu, em leilão, mais de 1000 animais, com faturamento geral de R$ 6.000.000,00.

“Estou muito feliz com a união de todos os associados, especialmente dos  que estão chegando agora, e de todos que acreditam na força da raça Tabapuã. Foi um ano extremamente produtivo, os números provam isso”, finalizou o presidente da ABCT, Julio Laure, eleito para o biênio 2017/19 no dia 9 de dezembro de 2016 e empossado no dia 15 de fevereiro de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *