Tabapuã está de luto

847347B2-8DCC-442C-B972-8DE152F83F94

A pecuária se despede do pecuarista, mestre em Direito e procurador de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, Waldemar Arimatéia. Waldemar tinha 54 anos e faleceu no final da tarde de ontem, 18 de julho, em virtude de uma  parada cardíaca.

O pecuarista fazia parte do quadro de associados da Associação Brasileira de Criadores de Zebu  (ABCZ) desde 1999 e da Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã (ABCT) desde 2003. Era criador de Tabapuã na região de Abaeté (MG), apaixonado e grande incentivador da raça.

Com certeza, será sempre lembrado pelos criadores de Tabapuã. O pecuarista deixa a esposa, Priscila  Arimatéia .

O velório está marcado para começar a partir das 11h em Abaeté, com sepultamento previsto para as 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *